ENSINO TÉCNICO

Com a evolução das novas tecnologias, o mercado de trabalho está cada vez mais exigente. Por isso, ter uma boa formação e estar sempre atualizado é essencial para quem pretende se destacar.

O Curso Técnico é opcional e ainda pode ser realizado isoladamente, ou seja, o aluno tem a opção de permanecer em outro colégio de nível médio e cursar só a área técnica no COTIP/FUMEP.

técnico em edificações

O Técnico em Edificações pode atuar como autônomo, produzir e responsabilizar-se por projetos residenciais até 80m². Da fundação de uma obra até seu acabamento, ele tem importância fundamental: seja no escritório, no canteiro de obras, no desenho de projetos e até na aplicação de testes de qualidade nos materiais utilizados. Sua atividade é imprescindível para a segurança da construção civil.

Áreas de atuação: Empresas de arquitetura e engenharia, construtoras, fábricas de pré-moldados, indústria de materiais de construção, escritório de projetos e outras atividades afins.

 

técnico em eletroeletrônica

O Técnico em Eletroeletrônica é o profissional responsável pelo controle, acionamento e instalação de infraestruturas eletroeletrônicas, na reparação de equipamentos elétricos e eletrônicos, na instalação, elaboração e interpretação de manuais técnicos.

Áreas de atuação: Áreas industriais (eletroeletrônica, automotiva, alimentícia, informática, fabricantes de máquinas e equipamentos), laboratórios de controle de qualidade e pesquisa, empresas que realizam manutenções eletroeletrônicas, empresas de telefonia, prestadoras de serviços de instalação e manutenção de rede elétrica, assistências técnicas, telecomunicações, rádio, televisão, termoelétricas, subestações de energia e hidroelétricas.

técnico em finanças

O Técnico em Finanças efetua atividades nas negociações bancárias e nos setores de tesouraria, contabilidade, análise de crédito, orçamento empresarial, custos e formação de preços. Identifica os diversos indicadores econômicos e financeiros e sua importância para análise financeira. Lê e interpreta demonstrativos financeiros. Realiza fluxo de caixa, lançamentos financeiros, ordens de pagamento, contas a pagar, receber e cobranças. Coleta e organiza informações para elaboração do orçamento empresarial e análise patrimonial.

Áreas de atuação: Setor administrativo e financeiro de empresas públicas e privadas, instituições educacionais e comerciais, agências bancárias e de crédito e escritórios de contabilidade.

técnico em informática

O Técnico em Informática não se limita à manutenção e suporte de computadores. É um profissional que cria soluções diversas, que pode trabalhar com design gráfico, desenvolvimento de websites e que, acima de tudo, é capaz de absorver e aprender novas tecnologias. Essa formação se destaca por permitir amplas oportunidades de emprego, além de possibilitar o trabalho autônomo ou empreendedor.

Áreas de atuação: Desenvolvimento de sistemas, mobile, jogos, design gráfico, redes, 3D, manutenção e suporte, empresas que necessitem de habilidades com computador e/ou tecnologia (empresas de consultoria, comércio, desenvolvimento de software, construção civil, área industrial, marketing, game houses, etc).

técnico em LOGÍSTICA

A modernização das empresas e das estruturas de transporte encontram um mercado superglobalizado. As mercadorias transitam entre países em ritmo acelerado. Para dar conta de tamanha demanda, o mercado requer profissionais capazes de atuar em toda essa cadeia, sempre procurando tornar os processos mais rápidos e econômicos.

O Técnico em Logística aplica e realiza os principais procedimentos de transporte, armazenamento e distribuição das cadeias de suprimentos e logística. Supervisiona e agenda programa de manutenção de máquinas e equipamentos, compras, recebimento, armazenagem, movimentação, expedição e distribuição de materiais e produtos.

Áreas de atuação: Setores industriais, de serviço e comércio. Entidades públicas e privadas que utilizam recursos de transporte, armazenamento e distribuição.

técnico em mecatrônica

O Técnico em Mecatrônica trabalha com a integração de processos mecânicos, eletroeletrônicos e de automação, empregando programas de computador no controle da produção de uma fábrica. Pode exercer atividades em projetos, execução e instalação de máquinas e equipamentos automatizados e sistemas robotizados, realizar manutenção, medições e testes dessas máquinas, equipamentos e sistemas conforme especificações técnicas, programar e operar máquinas observando as normas de segurança.

Áreas de atuação: Setores industriais (automobilística, alimentícia, farmacêutica, de bens de consumo, papel e celulose, açúcar e álcool, química, petroquímicas e de energia), fabricantes de máquinas, laboratórios de controle de qualidade, entre outras.

técnico em Mecânica

O Técnico em Mecânica atua nos processos de desenvolvimento de produtos, máquinas, equipamentos, ferramentas, dispositivos e manutenção mecânica, executando atividades nas áreas de projeto, manufatura, fabricação, instalação, operação, inspeção, consultoria, reparo e conservação. É uma área para quem gosta de máquinas, engrenagens, montagem e desmontagem, instalação e tudo relacionado a esse complexo universo mecânico. Normalmente trabalham sob a supervisão de uma equipe de engenharia, colaborando na operacionalização dos projetos.

Áreas de atuação: Este profissional pode atuar em indústrias diversas (linha de produção automobilística, farmacêutica, química, agrícola, etc.), empresas de pesquisa e desenvolvimento, ferramentarias, empresas de manutenção industrial, assessorias de desenvolvimento de projetos mecânicos, fábricas de máquinas, laboratórios de controle de qualidade, prestadoras de serviços em geral, montadoras de máquinas e implementos agrícolas.

técnico em qualidade

O Técnico em Qualidade atua na elaboração de manuais, procedimentos, diagnósticos e relatórios dos processos de qualidade das empresas. Registra o controle da qualidade em formulários específicos e de acordo com as normas e padrões preestabelecidos. Atua na elaboração e execução da auditoria interna da qualidade e acompanha a auditoria externa. Divulga os procedimentos de qualidade e propõe ações de informação e formação específica. Identifica inconformidades em produtos e processos, suas possíveis causas e ações corretivas e preventivas.

Áreas de atuação: Empresas públicas e privadas, comércio, indústria, prestadores de serviços ou qualquer instituição interessada em implementar a qualidade no seu sistema operacional e administrativo.